Adaptando bateria de celular em joystick wireless

 

Recentemente, adquiri um controle sem fio para meu Xbox (versão 1), que apresentou-se de boa qualidade. A marca é a wideye, que ficou conhecida entre os adéptos do XBox justamente por produzir esse controle wireless, que permite utilizar um headset também wireless (vendido separadamente).

É um excelente controle. Só tinha dois 'problemas' nele: Um é o tamanho (em geral, a maioria dos controles wireless são enormes), e o outro problema são as baterias.

Bom, com relação ao tamanho do joystick, não há muito o que fazer; mas no caso das baterias... inventei uma ótima solução. Adaptei o controle para usar uma bateria de celular. E agora vou ensinar como fazer!

Note que esse tutorial pode ser também aplicado a outros controles sem fio, desde que os seguintes fatores sejam considerados: Potência da bateria do celular; Espaço disponível no slot de baterias do controle; Tempo da carga (se não durar nada, não vale apena né...)

 

Primeiro passo: Escolhendo uma bateria

Eu escolhi uma bateria de celular foston 868B. O motivo é que eu tenho essa bateria sobrando, pois eu tinha um celular desse mas roubaram. A voltagem dela, apesar de não ser igual a voltagem das baterias AA do controle (4.2v do celular contra 4.5v do controle), é compatível. Basta considerar que a voltagem de uma bateria AA recarregável é de 1.2 (3x 1.2 = 3.6v); Então, 'fecha' a carga numa boa...

Como se pode ver na foto, a bateria não é muito grande, e porisso encaixa legal no projeto (veja mais fotos abaixo). A bateria possui um carregador bem 'simpático', que pode ser carregado pela USB do computador mesmo...

 

Segundo passo: Encaixando a bateria

Tendo o controle, e tendo a bateria, precisamos pensar um jeito de encaixar a bateria no controle. Para isso, eu consegui um pequeno pedaço de espuma, que possui uma consistência mais firme. Talvez no futuro eu ache algo melhor para utilizar, mas no momento foi o que encontrei, e serviu...

Agora, precisamos dar um jeito de encaixar a espuma no slot das baterias AA do controle. Ah, detalhe: Para que serve a espuma? Bom, a bateria não encaixa perfeitamente no controle (lógico né), e a espuma vai servir como um 'elo' entre os dois - a bateria vai ser encaixada na espuma e a espuma no controle. Para fazer a gambiarra, necessitei de um bom estilete (crianças, tenham um adulto por perto). Veja nas fotos como a adaptação foi feita:

 

Estilete

 

Espuma já cortada do tamanho do slot das baterias AA

 

Espuma marcada com pontos azuis, para o corte no formato da bateria

 

Depois de cortada, a espuma vai ficar mais ou menos assim:

 

Agora, pode-se ver abaixo o resultado - como a espuma vai encaixar no controle e como a bateria vai encaixar na espuma. Um detalhe interessante é que aproveitei a sobra que foi cortada da espuma e colei na tampa do slot, para dar uma resistência na 'conexão' (assim a bateria não fica dançando dentro do slot). Veja as fotos:

 

 

 

 

 

Como se pode ver, o encaixe ficou perfeito. Mas não funciona... Porque não?? Bom, até aqui, nós apenas demos um jeito de colocar a bateria dentro do controle. Mas não fizemos com que os polos (positivo e negativo) da bateria ligassem aos polos do controle, fazendo assim a energia fluir. Essa talvez seja a parte mais complicada...

Eu fiz o seguinte: Peguei um pedaço de fio condutor fino (aqueles de telefone), e fiz um esquema para os contatos da bateria se conectarem aos do controle. Fiz isso de uma forma que pudesse retirar e colocar a bateria normalmente, a hora que eu quisesse.

Caso deseje fazer o mesmo, a forma de fazer isso vai depender muito do controle. Lembre-se que o número de baterias AA pode variar, bem como a carga de controle para controle. Mas em geral, os controles são bem parecidos. Meu tutorial apenas dá uma idéia de como melhorar o desempenho do controle, no quesito de baterias. No futuro vou tentar melhorar meu projeto, arranjando outros materiais. Na sequencia veja o esquema de ligação dos contatos, para o caso do meu controle:

No fim das contas, foi um ótimo negócio. A bateria do celular dura quase o dobro das baterias recárregaveis comuns, durando um pouco mais até que as pilhas alcalinas. Além disso, é muito mais fácil e rápido fazer a carga da bateria, se analizarmos que estamos falando de uma bateria pequena, e não de três pesadas baterias AA que demoram para carregar e tem uma vida útil muito pequena...

Esse post está aberto para comentários. Fiquem a vontade para tirar suas dúvidas ou darem sugestões.

Um abraço a todos e até a próxima!

 


Posted by: Raphael Zimermann
Posted on: 22/12/2009 at 10:56
Tags: , , , , , ,
Categories: Matérias | Tecnologia
Actions: E-mail | Kick it! | DZone it! | del.icio.us
Post Information: Permalink | Comentários (1) | Post RSSRSS comment feed

Visitas: 1634664